11 de janeiro de 2012

Você foi o motivo da criação deste blog, em dois mil e nove, e continua sendo o motivo pelo qual o mantenho, mesmo que você não saiba, mesmo que não se importe, mesmo tudo. Pois é, infelizmente -- ou não --, ainda te amo. Só queria que soubesse, -- mesmo sabendo que nunca vai ler isso aqui --, que, a esperança de te ter denovo, ainda é o motivo d'eu viver.
Feito por Giuliana.
OANR.

2 comentários:

  1. .. nossa.. digna de frase de livro..

    ResponderExcluir
  2. Obrigada. Mas, foi só um desabafo.
    Quem sabe um dia, não é? :-)

    ResponderExcluir