30 de agosto de 2012

Sorrir com os olhos, falar pelos cotovelos, meter os pés pelas mãos. Em mim, a anatomia não faz o menor sentido. Sou do tipo que lê um toque, que observa com o coração e caminha com os pés da imaginação. Multiplico meus cinco sentidos por milhares e me proponho a descobrir todos os dias novas formas de sentir.

Fernanda Gaona

Havia aprendido uma lição (...): aproveitar cada instante da vida como se fosse um presente.

O Diário de Suzana para Nicolas – James Patterson – p. 46

Havia uma frase que ela adorava e na qual acreditava: “Mãos à obra e coração em Deus.”

O Diário de Suzana para Nicolas – James Patterson – p. 45

É difícil imaginar você com qualquer outra idade que não seja a que tem agora. Mas acho que todas as mães tendem a pensar nos filhos assim, a congelá-los no tempo e guardá-los na mente como flores em uma gaveta, perfeitos e eternos. Às vezes, quando nino você, sinto como se estivesse segurando um pedacinho dos céus nos braços. Tenho a sensação de que há muitos anjos protetores ao seu redor, ao nosso redor.

Agora acredito em anjos. Só de olhar para você, meu menininho querido, é impossível não acreditar.

O Diário de Suzana para Nicolas – James Patterson – p. 41-42

"Fui abençoada com um coração meiguíssimo e em contrapartida com um pavio bem curto. Exatamente igual a um vidro: se me jogar no chão, eu quebro... mas se me pisar, te corto".

Martha Medeiros

Bizarra! Às vezes esta é a única palavra que posso usar para descrever a vida. Simplesmente bizarra.

O Diário de Suzana para Nicolas – James Patterson – p. 39


Eu não fazia ideia de que o amor da minha vida estava aqui, só esperando por mim. 

O Diário de Suzana para Nicolas – James Patterson – p. 30
Imagine que a vida seja uma brincadeira em que você fica fazendo malabarismo com cinco bolas. As bolas se chamam trabalho, família, saúde, amigos e integridade. Você está mantendo todas as bolas no ar e um dia finalmente se dá conta de que o trabalho é uma bola de borracha. Se você a deixar cair, ela vai pular de volta. As outras quatro bolas – família, saúde, amigos e integridade – são feitas de vidro. Se você deixar cair alguma, ela vai ficar arranhada, ou lascada ou vai se quebrar de vez. Depois de compreender a lição das cinco bolas, você terá começado a atingir o equilíbrio na sua vida.

O Diário de Suzana para Nicolas – James Patterson – p. 23-24

Ainda me lembro de tudo como se tivesse acabado de acontecer.

O Diário de Suzana para Nicolas – James Patterson – p. 20

Não era linda, mas tinha uma boa aparência e um sorriso amigável na maior parte do tempo para a maior parte dos seres humanos.

O Diário de Suzana para Nicolas – James Patterson – p. 20

Nunca planejei me apaixonar por você, mas me apaixonei.

O Diário de Suzana para Nicolas – James Patterson – p. 15

Ela queria ficar com ele o tempo todo. Era piegas, mas era verdade.

O Diário de Suzana para Nicolas – James Patterson – p. 11


Ele fazia com que ela se sentisse em paz consigo mesma, ele a completava, faziaalguma coisa que era boa e certa. Ninguém a fizera sentir assim antes. Inteira e abençoadamente em paz.

O Diário de Suzana para Nicolas – James Patterson – p. 11

Queria pensar no que havia acontecido para separá-los, mas eram só os bons momentos que tinham passado juntos que lhe vinham à mente.

O Diário de Suzana para Nicolas – James Patterson – p. 10
A lembrança fez com que começasse a chorar novamente.

O Diário de Suzana para Nicolas – James Patterson – p. 8

29 de agosto de 2012

A verdade é que desde sempre foi complicado entender o que eu sinto, mas eu sempre tentei descrever em palavras para que, quem sabe alguém mais ou menos desocupado do que eu, pudesse entender por mim. A vida bateu na minha cara, muitos dias seguidos, sem poesia nenhuma que era pra me deixar sem vontade alguma de abrir os olhos. Só que os olhos são meus e cabe a mim saber até onde é bom enxergar, m
esmo que sejam só coisas ruins que não vão me dar o sorrisinho que eu tenho que carregar todas as manhãs. Assim como tudo na vida, amores e amigos vêm e vão e, fico aqui perguntando baixinho, quem sou eu então pra decidir que os meus não deveriam ir? Não adianta mais prometer que será pra sempre. Eu não quero promessas. Promessas criam expectativas e expectativas borram maquiagens e comprimem estômagos. Eu não quero dor. Eu não quero olhar no espelho e ver você escorrer, manchando minha maquiagem. É pelo medo de cair de novo que meus joelhos tremem. Eu quero, no mínimo uma garantia. E eu só preciso me desfocar do sonho que me deixa míope e enxergar além, ou melhor: enxergar o que está na minha cara. Antes de dormir rezei, pedi a Deus que perdoe tanta ingratidão de minha parte, por não enxergar tudo de bom que a vida me oferece, e continuar aqui me lamentando e fazendo tudo por você.

- Tati B.
Um dia você vai estar sozinho, vai fechar os olhos e tudo estará negro. Os números da sua agenda passarão claramente na sua frente e você não terá nenhum numero mais pra discar. Sua boca vai tentar chamar alguém, mais não há ninguém solidário o bastante pra sair correndo e te dar um abraço, ou te colocar no colo e acariciar seus cabelos até que o mundo pare de girar. Nessa fração de segundos, quan
do seus pés se perderem do chão, você vai se lembrar da minha ternura e do meu sorriso infantil. Virão súbitas memórias dos meus abraços e beijos, da minha preocupação com você, e só vão ter algumas musicas repetindo no seu rádio: as nossas. Em um novo momento, você vai sentir um aperto no peito, uma pausa na respiração e vai torcer bem forte pra ter nosso mundo delicioso de novo. O nome disso é saudade, aquilo que eu tinha tanto, e te falava sempre. E quando você finalmente discar meu numero, ele estará ocupado demais, ou nem será mais o mesmo, ou até mesmo que eu não queira mais te atender. E se você bater na minha porta, ela estará muito trancada, e se aberta, mostrará uma casa vazia. Seus olhos te ensinaram o que é lágrimas, aquelas que eu te disse que ardiam tanto. O nome do enjoô que você vai sentir é arrependimento, e a falta de fome que virá se chamar tristeza. Então, quando os dias passarem e eu não te ligar, quando nada de bom te acontecer, e ninguém te olhar com meus olhos encantados, você encontrará a famosa solidão. A partir daí, o que acontecerá, chama-se surpresa. E provavelmente o remédio pra todas essas sensações acima.. É o tal do tempo em que você tanto falava!

- Tati B.
Então, quando os dias passarem e eu não te ligar, quando nada de bom te acontecer, e ninguém te olhar com meus olhos encantados, você encontrará a famosa solidão. A partir daí, o que acontecerá, chama-se surpresa. E provavelmente o remédio pra todas essas sensações acima.. É o tal do tempo em que você tanto falava!
- Tati B.

25 de agosto de 2012

"Procuro semear otimismo e plantar sementes de paz e justiça. Digo o que penso, com 
esperança. Penso no que faço, com fé. Faço o que devo fazer, com amor. Eu me esforço
 para ser cada dia melhor, pois bondade também se aprende. Mesmo quando tudo parece 
desabar, cabe a mim decidir entre rir ou chorar, ir ou ficar, desistir ou lutar; porque 
descobri, no caminho incerto da vida, que o mais importante é o decidir."
"Tem gente que só gosta da gente quando tá carente
Pena que gente assim, não tira sorrisos de mim
Meu coração não fica aberto pra visita anual
Só quero ficar de boa e com meu bom astral"
- Lucas Amaral

22 de agosto de 2012

“Tente. Sei lá, tem sempre um pôr-do-sol esperando para ser visto, uma árvore, um pássaro, um rio, uma

 nuvem. Pelo menos sorria, procure sentir amor. Imagine. Invente. Sonhe. Voe.”
"Uma das armadilhas da infância é que não é preciso entender uma coisa para sentir. Quando a razão é capaz de entender o ocorrido, as feridas do coração já são profundas demais." 

(A Sombra do Vento)

21 de agosto de 2012

20 de agosto de 2012

17 de agosto de 2012

Viver a vida com alegria não significa jamais passar por tristezas ou decepções. Elas existem, nem sempre podem ser evitadas. No mundo em que vivemos é impossível passar cem por cento dos nossos dias em estado de contentamento. É possível, porém, não se deixar vencer, nem abater, nem desistir. Quem enfrenta as dificuldades com confiança não perde a alegria, porque sabe que tudo na vida é passageiro

Monica de Castro